20140724

Publicidade Gratuita


"Taça da Liga 2014/15", jogos do Académico de Viseu F. C., sucedâneo do histórico e extinto Clube Académico de Futebol - C.A.F.  (Académico de Viseu) [saber +]. Clique sobre a imagem para ampliar.

Recordando Clube Académico de Futebol


A data da fundação do extinto Clube Académico de Futebol nunca foi suficientemente esclarecida. Segundo consta  dos Estatutos, aprovados por despacho de Sua Excelência o Secretário de Estado da Educação Nacional de 4 de Fevereiro de 1961 - "Capítulo Primeiro - Denominação, Fins e  Sede", Artº 1º ´- O Clube Académico de Futebol, também designado pelas iniciais C.A.F., é uma associação desportiva fundada em 1917, que se rege pelos presentes estatutos". [ver]
Foi grande a minha surpresa quando há já algum tempo, deparei com este quadro com a indicação do dia 9 de Novembro de 1917, como tendo sido a data da fundação da associação. Não consegui apurar a data da edição da estampa mas é provável que tenha sido em 1987, quando o clube completou 70 anos. A direcção certamente teria tido acesso a um documento que lhe permitiu indicar essa precisa data. O ano de 1917 foi a data oficial e serviu para a filiação na Federação Desportiva de Viseu (actual Associação de Futebol de Viseu). Porém no Capítulo 7º,  Artº 74 - a última semana de Junho é destinada à realização da "Festa Clubista, em comemoração da fundação do clube, prazo que poderá ser prorrogado por um mês." Porque motivo a festa era celebrada em Junho, por ser Verão ou por razão desconhecida?
Passo a reproduzir alguns dos artigos desses estatutos para recordação dos mais velhos e satisfazer a curiosidade dos jovens:

(...)"Capítulo Segundo - Insígnia. Estandarte. Uniforme
Artº 7º - O estandarte do Clube é um rectângulo de tecido branco, debruado por um faicha preta, tendo ao centro o escudo insígnia.
Artº 8º - As equipas do Clube são constituídas, tendo por base a cor preta.
parágrafo único - Quanda haja necessidade de mudar as equipas, adoptar-se-ão as equipas do Sporting Clube de Portugal" (...)
"Capítulo Sétimo - Das disposições Gerais, Artº 70 - São expressamente proibidos, nas dependências do Clube, jogos de azar." (...)
"Artº 73 - O Clube far-se-á representar no funeral dos seus sócios com o estandarte, fazendo também hastear na sede, a bandeira a meia-haste, nesse dia." (...)

O Clube Académico de Futebol (C.A.F.) era conhecido por "Académico de Viseu", para o distinguir de outras associações tanbém com a designação de "Académico" e a sua extinção foi originada por pedido de insolvência, processo judicial iniciado em 2005 e encerrado no dia 26 de Fevereiro de 2010.

Onde Estarão os Candeeiros?


Eram certamente quatro, sobravam três mas depois da reconstrução do edifício da antiga sede dos Bombeiros Voluntário de Viseu [p. oficial], na Rua do Comércio e Rua D. Duarte levaram sumiço. Será que foram considerados sucata, como sucedeu com os portões do antigo Mercado 2 de Maio?
O quartel na Rua D. Duarte foi inaugurado em  12 de Junho de 1927.

20140723

Recado para o Dr. Jorge Sobrado


Bem sei que o Dr. Jorge Sobrado é apenas o responsável pelo "Gabinete de Imagem e Comunicação" do município mas certamente concordará que o "problema" ainda não "rectificado", que impede o funcionamento das plataformas e não tapa os dois buracos existentes na linha do Funicular de Viseu, não abona a  enorme e quase omnipresente campanha  - "Viseu  Melhor Cidade Para Viver".
Já passou um mês e continua tudo igual, portanto solicito a sua intervenção porque não podemos correr o risco de não voltar a receber esse "prémio" [ver].
Nota: Desconheço se será meu habitual leitor, como era o Dr. Américo Nunes, porque ainda não tive o prazer de o conhecer mas estou certo que alguém do seu gabinete fará a leitura dos blogues para fazer o reporte.

Janelas de Viseu


Uma das janelas das casas quinhentistas do Largo António José Pereira e Rua Trás do Colégio (traseiras da Sé Catedral de Santa Maria de Viseu). Esta casa estava em ruínas mas felizmente está a ser reconstruída, por iniciativa particular. 

A Sé Catedral de S. M. de Viseu


"A Sé Catedral de Santa Maria de Viseu", de Alexandre Alves, Edição da Câmara Municipal de Viseu, Santa Casa da Misericórdia de Viseu e Grupo de Amigos do Museu Grão Vasco, Fotografias de Delfim Ferreira e Jorge Alves, Fotocomposição, montagem, gravuras e impressão Éden Gráfico, SA, 1ª Edição, Viseu, 1995

"O rigor do texto que é a expressão do elaborado exercício de investigação combina-se com um estilo fresco que propicia agradabilidade da leitura."

Alberto Correia

Autocolantes de Viseu


Autocolante de claque do Académico de Viseu Futebol Clube

Mazemirror - "Robbed"


"Robbed" vídeo de Johannes Ldc Guerreiro para o franco-alemão Mazemirror  [p. oficial]

20140722

Novidades da Feira de "São Mateus"


A Feira de "São Mateus" vai passar a ter um sistema electrónico de controle das entradas. Uma vez que o recinto não estava preparado para receber esse equipamento foi necessário instalar uma rede de energia e de informação. Deste modo os bilhetes poderão ser adquiridos em vários locais e até via internet [saber +] e o número real de visitantes contabilizado. Os trabalhos já executados foram a preparação dos locais para instalar os torniquetes electromecânicos, a montagem subterrânea da cablagem e os armários  Porém para o trabalho ser mais rápido e mais económico, irá ser necessário passar cabos suponho que sobre a calçada, evidentemente protegidos por calhas, para fazer a ligação aos torniquetes. Até aqui tudo normal mas hoje reparei que para montar o sistema estão a ampliar a zona vedada e nas portas de Viriato (na imagem) e São Mateus as vedações ficarão a obstruir duas passagens para peões. Esta solução parece-me não ser boa e a colocação de gradeamentos, a dezasseis dias do início da feira uma falta de respeito para com quem anda a pé.

XI Mões Medieval


"XI Mões Medieval" clique sobre a imagem para ampliar

20140721

Em Defesa de São Mateus


O "Dia de São Mateus" celebra-se a 21 de Setembro. Ainda falta um mês mas esta fotografia destina-se a manifestar a minha solidariedade para com o santo que foi "espoliado" da titularidade da feira anual de Viseu que efectivamente deteve por decisão de D. Manuel I, a partir de 1510 até 2014. Realmente trata-se de um aproveitamento indevido da invocação do santo e da fama da antiga "Feira Franca de Viseu" e da moderna "Feira de São Mateus" porque a edição deste ano termina no dia 14 de Setembro. Portanto seria mais adequado mudar o nome à feira, se o calendário se mantiver? Também poderá acontecer o Dr. Fernando Ruas voltar... Entretanto, a minha sugestão é naturalmente "Feira de Viriato".

Esta imagem de São Mateus, uma das seis existentes na fachada da Sé Catedral de Santa Maria de Viseu é um trabalho da segunda metade do séc. XVI, encomendada a canteiros de Coimbra e segundo o Dr. Alexandre Alves em "A Sé Catedral de Santa Maria de Viseu", 1ª Edição, Viseu 1995, "(...) é fama terem sido encomendadas naquela cidade por D. Manuel de Saldanha, reitor da Universidade e bispo eleito de Viseu." D. Manuel de Saldanha foi o 44º bispo de Viseu (1669-1671).

Centro Histórico 2013/14, As Diferenças



1- Porta pintada, AMRS em Agosto de 2013, em edifício em ruínas no centro histórico de Viseu (Travessa das Escadinha da Sé - ao Largo de São Teotónio).

2 - Uma das fotografias, de autoria desconhecida afixadas, há pouco tempo, em várias fachadas de prédios em ruínas na Rua do Gonçalinho - ampliações de fotos de má qualidade, algumas parcialmente distorcidas, para não ser possível identificar as pessoas. Neste caso a foto é do pavimento da Rua Formosa. Eu que sou um amador, autodidacta e não possuo o material fotográfico adequado, tinha vergonha de apresentar trabalhos deste gabarito.

Jardins Efémeros 2014


Tudo o que é bom, depressa se acaba mas estou convencido que no próximo Verão o "Jardim Efémero", voltará para animar o centro histórico de Viseu, com uma programação ainda melhor que a deste ano. Praça do D. Duarte, Instalação "Quando a praça se transforma e sala de estar", do arquitecto Luís Pedro Seixas e arquitectura paisagista de Criaverde.

Trabalhos Arqueológicos em São Miguel


Hoje passei pelo Adro da Igreja de São Miguel e reparei que os trabalhos arqueológicos foram interrompidos [saber +]. Uma vez retiraram os fios que quadriculavam a escavação, sou levado a conjecturar que os trabalhos terão continuidade no próximo ano. Espero estar enganado, entretanto os vestígios de um dos túmulos foi aterrado e o local está sinalizado com fitas para prevenir acidentes.

Brasões de Viseu


Brasão partido de Amaral e Cardoso, com elmo e paquife dos Amarais, dourado e policromado, em 1629 pelo pintor e dourador Gonçalo Coelho, morador na Rua das Cangostas, na cidade do Porto, existente mausoléu do Dr. Lourenço Coelho Leitão (Corregedor do Crime da Cidade do Porto) e D. Ana Cardoso de Távora, instituidores da extinta Capela do Santíssimo Sacramento da Sé Catedral de Viseu. Obra do arquitecto João Moreno, de Salamanca que regressaria a Viseu em 1636 para desenhar o frontispício que viria a substituir a "formosa" fachada manuelina mandada erguer pelo bispo D. Ortiz de Vilhegas, nos primeiros anos do séc. XV, e ficou  arruinada com um temporal ocorrido em Fevereiro de 1635, devido à derrocada da torre dos sinos.
Fonte: Dr. Alexandre Alves em "A Sé Catedral de Santa Maria de Viseu", 1ª Edição, Viseu 1995.

Cine Clube de Viseu - "Cinema na Cidade"


A exibição de filmes ao ar-livre organizada pelo Cine Clube de Viseu está de volta para animar a Praça D. Duarte [saber +]


A cadela do meu amigo C. parece descansada mas está sempre alerta...

Tiago Bettencourt - "Morena"


"Morena" vídeo realizado por Fernando Mamede, com a participação de Carolina Torres, para o mais recente disco, "Do Princípio" de Tiago Bettencourt [Facebook]

Recordando a Feira de São Mateus 2011


No passado Domingo estive na Feira de São Mateus e não me apercebi que a malta da Junta de Freguesia da Desejosa e Balsa (Tabuaço) colocou junto ao seu lagar um macho. Hoje a coisa era por demais evidente, suponho que bicho deve ter visto passar alguma mula jeitosa…
O “carro alegórico” esteve presente na iniciativa “Entre Baco e São Mateus – Grande Prova de Vinho do Dão” que se realizou no passado dia 19 e ficou a decorar o enorme relvado quase deserto.
Publicado em 31 de Agosto de 2011

A promoção do "Vinho do Dão", no decorrer da feira tem sido habitual há muitos anos. Novidade é (...) "a adoção do Dão como vinho oficial da Feira, na edição de 2014."(...)

O Vinho do Dão na Feira


"Este ano, a Feira de São Mateus elege o nosso vinho do Dão como o vinho oficial! É a primeira vez que o Dão assume este estatuto na Feira e será promovido ativamente pelos restaurantes. Os colaboradores dos espaços de restauração serão fardados pela CVR Dão e a opção pelo Dão será promovida à mesa. Vamos brindar à Feira de São Mateus e a Viseu!" [Facebook]

20140720

Cataventos de Viseu


Catavento num edifício recuperado do centro histórico de Viseu. representando o rei Ramiro II, sobre uma torre ameada, a tocar a "buzina" para chamar os seus guerreiros, como nos conta a lenda de Gaia representada no brasão de armas da cidade de Viseu [ligação]

Escavações Arqueológicas em São Miguel


Até agora as escavações arqueológicas em curso no adro da Igreja de São Miguel do Fetal ainda não permitiram achar a igreja do séc. IX ou X, referida em documentos e lendas. Mais "afortunado" foi o Dr. João Inês Vaz quando nas escavações que dirigiu em 1987, na Praça D. Duarte encontrou sepulturas datadas do séc. X e uma basílica paleocristã, do séc. V ou VI, demolida pelos conquistadores Árabes que sobre ela construíram uma mesquita [saber +].
Naturalmente o terreno foi alvo de prospecção não invasiva, talvez medições do campo magnético para encontrar "anomalias", um método rápido e barato. Nos trabalhos do Verão passado e nos actualmente em execução foram encontrados materiais consistentes com edifício(s)? anteriores à actual construção do séc. XVIII. O alinhamento de pedras deverá ser seguido, a cerca de 15 metros existe um muro que delimita o adro e o terreno confinante tem uma cota mais baixa. É possível que tenham sido feitos pequenos achados. A terceira imagem mostra uma sepultura a que falta a tampa. Até agora apenas foram encontrados materiais, muito danificados, de um cemitério medieval e de enterramentos em épocas mais modernas. Os trabalhos de campo, dirigidos por Catarina Tente, docente e investigadora do Instituto de Estudos Medievais da Universidade Nova de Lisboa, fazem parte da formação de alunos da licenciatura em Arqueologia e são financiados pela Fundação Calouste Gulbenkian e contam com o apoio do Município de Viseu. Espero desta vez a campanha seja concluída e os resultados divulgados [saber +].

20140719

Palco Principal Feira "São Mateus" 2014


Já começou a montagem do palco principal da Feira de "São Mateus" 2014. Quanto ao programa vai sendo divulgado aos poucos [p. oficial]. Para este palco e no segundo, no Orfeão de Viseu, estão anunciados -  "70 Concertos Espetaculares".

O Fogo-Preso Volta à Feira


"A não perder a abertura da Feira de São Mateus, a 8 de Agosto. Uma das grandes novidades é o regresso do fogo preso à Feira!" - Facebook [ligação]

Visita Guiada à Cava de Viriato

Ciclista (BTT) na Cava de Viriato junto ao "Lago da Cava"

Já não bastava o "lixo" ("Lago da Cava")? agora cortaram e abandonaram uma mimosa

  Esgalharam as árvores e "esqueceram-se" de retirar os ramos

"Visitas Guiadas à Cava"


"Num ano que traz grandes novidades à Feira de São Mateus, vamos ter visitas guiadas à nossa Cava de Viriato. Um monumento único de origem enigmática que é vizinho do recinto da Feira e que tem muito para contar aos visitantes mas também aos próprios viseenses". Da página do Facebook da Feira São Mateus 2014 [ligação]
Para ficar a conhecer as novidades sobre os preços e "brevemente" o Programa Oficial [ligação]

Visita Guiada à Cava de Viriato


Ontem antecedendo a realização da 6ª Assembleia Participativa, dedicada à Cava de Viriato, do "Orçamento Participativo Viseu 2014" [saber +], que se realizou junto à nova sede dos "Ribeirinhos" [ver] e na qual participaram cerca de uma dúzia de pessoas, passei pelo monumento e reparei que esta pernada esgalhada  continua a ser um estorvo para quem quer subir ou descer as paredes da fortaleza [saber +]. Por coincidência pouco depois de obter estas fotos subiu um visitante, não por esta vereda mas pela outra, localizada à esquerda junto ao centenário carvalho de onde caiu a pernada e voltou a descer, depois de fazer sinal à família que ali nada de interessante havia para ver. Uma vez que trazia calçadas umas sandálias teve bastante dificuldade para descer e juntar-se às duas senhoras que o aguardavam.

Reconversão Urbanística



Não é difícil imaginar o estado em que já estará o espaço ajardinado que enquadra o novo anfiteatro ao ar-livre, do Largo do Matadouro. Estas fotos foram obtidas ontem a meio da tarde e mostram os estragos provocados pela água da rega, depois das últimas chuvas. Certamente que a direcção do Orfeão de Viseu deitará as mãos à cabeça porque a chuva está de volta. Felizmente há pouco deixou de chover.

20140718

Publicidade Gratuita


"Câmara Municipal de Viseu

A empresa TERRA ARÁVEL ao serviço da Câmara Municipal de Viseu vai proceder à poda das árvores desta avenida/rua, no dia 21 de Julho pelas 8 horas.
Para o efeito solicita-se a melhor compreensão dos senhores(as) automobilistas no sentido de não estacionarem neste local.
Gratos pela atenção."

Este é o teor dos avisos colocados em várias árvores da Avenida Emídio Navarro. Curiosamente o da imagem, está num local onde existe sinalização a proibir o estacionamento. Fazer a "poda" das árvores, um mês depois do inicio do Verão é uma tarefa que confirma que Viseu não é a "Melhor Cidade para Viver", nem mesmo para as árvores.

"Viseu a Melhor Cidade para Estacionar"


"Viseu a Melhor Cidade para Estacionar"...Jardim de São Mateus, Parque Linear do rio Pavia,  16h30.

Mestre Albuquerque 1914 - 2014


Para comemorar o centenário do nascimento de Teotónio Pedro de Albuqerque, em 29 de Junho de 1914, em Serrazela, Vila da Igreja, concelho de Sátão foi organizada uma exposição dos seus trabalhos na casa que habitou no número 86 da Rua Direita. Teotónio Albuquerque estudou na Escola Industrial e Comercial Dr. Azevedo Neves (Escola Industrial e Comercial de Viseu e actual Escola Emídio Navarro), em Viseu e foi aluno do Mestre Arnaldo Malho [saber +]. Concluiu o Curso de Serralheiro-Ferreiro Artístico, no ano lectivo de 1936/37 com a classificação de 15 valores e distinção. Quis o destino que viesse a leccionar Serralharia Artística, a partir de 1948 e ocupar o lugar que fora do Mestre Malho. O Mestre Teotónio Albuquerque foi um artista do ferro forjado mas ao contrário do seu mestre trabalhou com igual maestria o cobre, o latão e outros metais, servindo-se de motivos geométricos, vegetalistas, animalista e da figura humana. Na sua obra, "tomou a liberdade" de inspirar e utilizar elementos de diversos estilos artísticos como o gótico, renascentista, romântico, rococó e  "Arte Nova". Faleceu em 29 de Agosto de 1986 e está sepultado no cemitério velho de Viseu.
A exposição "Legado de Mestre Albuquerque - Ferro Forjado" está aberta ao público, todos os dias das 15h00 às 19h00. Além da exposição os visitantes poderão ser surpreendidos (?), refrescar-se e tomar uma bebida no aprazível jardim das traseiras da casa.

"Limpeza e Conservação do Rio Pavia"


A partir da próxima Segunda-feira, dia 21 de Julho, os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento  de Viseu irão "reforçar a limpeza e conservação do Rio Pavia" [saber +]

Feira de "São Mateus" 2014


Feira de São Mateus, Viseu, 2014 - 30 Restaurantes imperdíveis de 8 de Agosto a 14 de Setembro. Saiba um pouco mais [p. oficial]

Grafitti de Viseu


Grafitti (stencil) algures em Viseu mas, naturalmente próximo de um café!

Rota do Feto - Mundão


Integrada na "Rede de Percursos Pedestres" irá realizar-se no próximo Sábado, 19 de Julho, com início às 17h30, uma caminhada na "Rota do Feto - Mundão". O local de concentração e início do evento localiza-se junto ao "lago" da Quinta do Catavejo.

Catey Shaw - "Brooklyn Girls"


"Brooklyn Girls" vídeo de Catey Shaw [Facebook]

20140717

O Orçamento Participativo Viseu 2014


Amanhã pelas 18h00 irá realizar-se a "6ª Assembleia Participativa" na Cava de Viriato, o moderador vai ser Pedro Sobral de Carvalho - arqueólogo que acompanhou a requalificação do monumento. Mas qual foi o local escolhido, o Monumento a Viriato? ou a "Praça" criada para facilitar o acesso à cava? Ontem cortaram as ervas na área próxima à estrada e hoje o matagal nos taludes, junto à Rua do Picadeiro e à nova praça de acesso ao que resta da antiga fortaleza.
Algumas das proposta já aceites para votação final são inacreditáveis. Por exemplo a demolição da Casa do Adro para permitir a construção dum miradouro ou o "Festival da Cerveja", quando o município está fortemente empenhado na promoção do Vinho do Dão. Estive a ler as últimas propostas e reparei que a número 17 é para Gumirães - "Implantação de parque infantil na Rua Nova Fonte/Travessa do Rio" que não me parece poder ser enquadrável no âmbito territorial demarcado pelo artigo III das "Normas de Participação" - "Âmbito Territorial", a não ser que Guimirães possa vir a ser integrada na futura “Área de Reabilitação Urbana”?
Vou aguardar, ansiosamente, para ver se os resultados da assembleia se traduzem em propostas, porque motivos não faltam.

Reconversão Urbanística


Com a colocação dos candeeiros ficou finalmente concluída a "reconversão urbanística do Largo do Matadouro". O novo anfiteatro talvez venha a ser o local escolhido para ser o segundo palco da Feira de "São Mateus", andam a guardar segredo...
A obra foi inaugurada pelo Dr. Almeida Henriques, no passado dia 29 de Junho, no decorrer de uma "cerimónia da familia orfeonista", apesar de ainda faltarem os candeeiros. Nada de importante que fizesse adiar a "festa". Muito mais complicado é a "erosão" do talude ajardinado, provocada pela água da chuva. A limpeza da calçada e reparação do talude continuam por fazer, certamente porque se vier outra chuvada, lá se vai a terra! e já aconteceu por duas vezes [ver] Aliás até a água do sistema de rega automático está a provocar estragos.

Aspectos da "Nova" Cava de Viriato


A "Requalificação paisagística da Cava de Viriato", concluída em 2009 [saber +] obra adjudicada por cerca de dois milhões de euros, tornou mais difícil o acesso ao cimo do talude que nos finais do séc. XIX, foi transformado num "Passeio Público" muito frequentado, até pela alta sociedade viseense até à década de 1950. Há poucos anos estava muito degradada e a câmara municipal com o financiamento do Programa Polis, resolveu intervir uma vez os responsáveis pelos Monumentos Nacionais nada faziam. Factores positivos foram o novo arruamento que passou a ligar a Rua do Heróis Lusitanos, à Rua do Coval (Casa das Águias), a pavimentação e novas infraestruras básicas executadas na Rua do Picadeiro, no troço da Rua do Coval que atravessa o monumento e a Rua dos Plátanos que foi a mais beneficiada. Também foi criada uma nova "Praça de Acesso" que por não ser conhecida, nem estar sinalizada pouca utilidade tem e uma escadaria junto à Rua do Picadeiro que sofre dos mesmos males. Porém com a intenção de recuperar o aspecto original da fortaleza, retiraram vários acessos e entulharam a "cava de baixo": Mas também foram cometidos erros porque substituíram rampas por escadarias, colocaram uma perigosa "passadeira de granito esburacada" sobre os taludes da fortaleza e instalaram uma iluminação decorativa, que foi rapidamente vandalizada, o "Lago da Cava" continuou a ser uma "lixeira", a casa da Quinta da Machada já ruiu e os silvados atingem vários metros de altura. Por tudo todos estes motivos o antigo local de passeio ficou mais inseguro e menos acessível mas é um bom local para namorar, fumar uns "charros" e ideal para os jovens beberem umas "cervejolas" de litro ou de litro e meio de preferência porque são mais baratas. Sobre os taludes da cava também não existem papeleiras, para não descaracterizar o local...
P.S. - Será melhor colocar mais uma "lata" para tapar o buraco da primeira imagem, localizado a pouca distância do Viriato, porque o projector foi danificado e alguém se pode magoar.